Geral

Espelho da alma: Tratamentos estéticos também revelam a beleza interior

O emocional da pessoa se abala e aí as alterações do comportamento ou preferências surgem. Uns param de comer, outros comem demais. Uns choram excessivamente, outros riem de tudo sem sentido algum. E tem aqueles que se olham no espelho e já não enxergam mais a beleza de seus rostos e corpos. É nessas horas que o profissional de estética precisa demonstrar toda sua ética e preparo, buscando avaliar minuciosamente o paciente e saber orientá-lo para o que é realmente necessidade estética e o que já é exagero.
Alex Trombetta